quinta-feira, 4 de agosto de 2011

ARTE PORTUGUESA - LUIS DOURDIL -BUSTO DA AUTORIA DA ESCULTORA DORITA DE CASTEL´BRANCO




Luis Dourdil - Busto da autoria da Escultora 
Dorita de Castel’Branco
Memórias dos Coruchéus.
Perto da Biblioteca Municipal, Palácio Galveias,existe uma das mais notáveis residências nobres lisboetas do séc. XVII. No início da década de setenta foi criado o Centro de Artes Plásticas dos Coruchéus
Concebido e construído à semelhança dos ateliers de Paris patrocinados por André Malraux. Trinta e seis ateliers distribuídos a artistas plásticos,sendo a renda de “um conto e quinhentos” não era fácil de pagar – o ordenado de um professor em Belas Artes primava, então, pela modéstia. Mas havia tertúlia! Amizade!
Luís Dourdil,João Vieira, José Cândido, Manuel Lima, Manuel Viana, Arlindo Vicente, Luis Rodrigues,Ribeiro Farinha,José Alarcão,Manuel Viana,Luis Filipe de Abreu,Manuela Pinheiro, Mário Silva, Victor Belém, Soares Franco, António Vidigal, Sérgio Pombo, Gracinda Candeias, Isabel Laginhas, Laranjeira Santos, Rafael Salinas e Soares Branco, foram e são alguns entre outros que por ali passaram. Na altura, respeitadas as necessidades dos artistas que ali construíam obras e percursos, Dorita Castelo Branco teve a rampa que era indispensável para que na cadeira de rodas pudesse trabalhar.

Peça em bronze, representando uma figura feminina
deitada, executada, em 1962, por Dorita de Castel-Branco, instalada por iniciativa camarária no Jardim do Centro de Artes Plásticas do Palácio dos Coruchéus.- Material - Bronze. Estilo - Figurativo.







Dorita de Castel-Branco – nasceu em Lisboa, a 13 de Setembro de 1936 e faleceu em Setembro de 1996.

Em 1962 concluiu o Curso Superior de Escultura da Escola Superior de Belas-Artes de Lisboa; foi bolseira da Fundação Calouste Gulbenkian em Paris, onde frequentou a École Supérieure de Beaux-Arts e a Académie du Feu.

Foi também medalhista – onde alcançou grande notoriedade, trabalhou em numismática e ilustração. Realizou inúmeras exposições individuais e colectivas, nomeadamente na Sociedade Nacional de Belas-Artes ou na Fundação Gulbenkian, tendo alcançado diversos prémios.

As suas obras estão expostas em edíficios, jardins e praças públicas em Lisboa, Brasília ou Macau, só para oferecer alguns exemplos, ou ainda no Museu de Arte Moderna ou Biblioteca Nacional, em Lisboa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário