sexta-feira, 30 de setembro de 2016

DOURDIL IRÁ EXPOR NO MUSEU DE OVAR EM NOVEMBRO DE 2016 : CONHECER O MUSEU

"O Museu de Ovar é um tesouro para quem da cultura tenha uma concepção global”
José Saramago in viagens a Portugal





"Peixeira de Ovar" 


fotos de Antonieta Figueiredo



Professor Manuel Cleto, Director do Museu de Ovar, e o Dr. Luis Fernando Dourdil filho do pintor Dourdil.



O  Museu de Ovar foi fundado  por José Augusto de Almeida  a 8 de Janeiro de 1961.
Recentemente homenageado, foi dado o seu nome a uma "Sala de Exposições"num tributo que fez reavivar a memória, o empenho e o entusiasmo decisivo de José Augusto de Almeida na fundação do Museu de Ovar e na angariação de obras de artes de grandes artistas, ceramistas e pintores, que enriqueceram o seu valioso espólio como  nos contou o actual director Professor Manuel Cleto.



foto de Antonieta Figueiredo

Neste museu é contada a história de Ovar e das suas gentes através da riqueza da colecção de trajes regionais de Ovar e de todas as regiões de Portugal, os delicados bordados, objectos relacionados com antigos costumes e profissões, exemplos da arquitectura e interiores das casas populares compõem parte da exposição, cujo trabalho de conservação e registo é elaborado por duas dedicadas senhoras que há mais de 20 anos fazem parte desta instituição, grandes profissionais Leonor e Lurdes.



foto de Antonieta Figueiredo
Tendo como missão, recolher, estudar, conservar e divulgar o património cultural das gentes de Ovar o acervo é constituído essencialmente por objectos de arte e etnografia, que ao longo dos anos foi enriquecido através de doações de variadíssimas entidades públicas e particulares.



foto de Antonieta Figueiredo


Realçam-se, ainda, centenas de bonecas provenientes de muitos países e uma valiosa colecção de pintura e cerâmica contemporâneas.


O Museu de Ovar é uma instituição com mais de cinco décadas de existência e com uma acção directa na cultura, através de exposições, palestras, participação em eventos, divulgação de documentação, entre muitas, e diversificadas outras actividades.













Para assinalar o 55.º aniversário, o Museu de Ovar foi ao seu vasto espólio buscar uma significativa Colecção de obras do ceramista e pintor Querubim Lapa que de forma surpreendente, aos 90 anos de idade voltou a Ovar para a inauguração da exposição que reúne quase duas dezenas de obras em cerâmica, desenhos e uma pintura a óleo, “Peixeira”, recheada de simbolismo na sua relação com o Museu de Ovar.




Trabalhos dos anos 60 que proporcionaram um momento de grande emoção ao artista mal entrou na sala recheada com as suas obras e convidados que o esperavam para mais um acontecimento cultural que presenteou os 55 anos do Museu de Ovar e a sua história, a que Querubim Lapa ficou justamente ligado pelo entusiasmo e dedicação do seu fundador José Augusto, que, como recordou o artista a convite do Padre Pires Bastos, ali presente, para que este ajudasse a clarificar tal ligação, “ambos frequentava-mos o Café A Brasileira, em Lisboa”, um dia José Augusto lançou-lhe o desafio para oferecer uma obra ao Museu de Ovar que já na época tinha várias de Jorge Barradas.
Link da noticia Fevereiro 2016 ler;
http://etcetaljornal.pt/j/2016/02/museu-de-ovar-comemora-55-o-aniversario-com-obra-do-mestre-querubim-lapa/





Com um património também invejável, relacionado com pintura, fotografia, etnografia e arte africana, rico de trajes e costumes da região, contém valiosa colecção de pintura contemporânea. 

O trabalho desenvolvido pelo  actual Director do Museu Manuel Cleto, é notável e reconhecido.
Com uma invulgar sensibilidade e dedicação tem sabido conjugar exposições de artistas consagrados, ao mesmo tempo que dá oportunidade a artistas mais jovens.









O Concelho de Ovar localiza-se no Distrito de Aveiro, confrontando a Norte com o Concelho de Espinho, a nascente com os Concelhos de Santa Maria da Feira e Oliveira de Azeméis, a Sul com o Concelho de Estarreja e Murtosa e a poente com o Oceano Atlântico, ocupando uma posição privilegiada no litoral norte.


Câmara Municipal de Ovar


O seu regular desenvolvimento sócio-económico associa-se à proximidade do Mar e da Ria, à fertilidade do solo e à planura da região.



Tribunal de Ovar 



Painel em azulejo policromado ano de 1965 de Jorge Barradas, na fachada do Tribunal de Ovar.



Ovar caracteriza-se pelas casas de azulejos multicolores, na profusão de cores e 
padrões, em contraste com a singeleza das cantarias que fazem dela um museu vivo do azulejo.




"Lavrador de Ovar"

As curiosas Capelas dos Passos, a Semana Santa, a Procissão dos "Terceiros" de ricos andores e a dos Passos saindo da Igreja Matriz são testemunho de tradições religiosas.



Nenhum comentário:

Postar um comentário